logo_ausm

Área Restrita

web_mail

ESTADO RETOMA OBRAS DA BARRAGEM DO ARROIO JAGUARI

O governador do Estado José Ivo Sartori e o secretário de Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, assinaram nesta segunda-feira (11) a ordem de início para a segunda fase da barragem do Arroio Jaguari. A obra beneficiará toda a região da Bacia do Rio Santa Maria, levando mais água para abastecimento da população e para irrigação de lavouras.

MD_20171211152924ksv_6587

As obras da primeira fase da barragem estão paradas desde 2014, e os trabalhos da fase 2 precisavam de um contrato de supervisão para serem iniciados, que também foi assinado nesta segunda. “Se podemos tirar uma lição disso tudo, é que precisamos chegar ao Governo Federal sempre com o projeto bem completo, fechado. Assim poderemos seguir adiante”, avaliou o governador Sartori.

Localizada na Bacia Hidrográfica da Bacia do Rio Santa Maria, na divisa dos municípios de São Gabriel e Lavras do Sul, a barragem do arroio Jaguari compõe, junto com a barragem do arroio Taquarembó, um sistema de armazenamento e distribuição de água, sendo de extrema importância para a manutenção da vazão do Arroio Jaguari, bem como do próprio Rio Santa Maria. A barragem garantirá, após a conclusão das obras e dos canais, a irrigação de mais de 130 mil hectares, já que a região seguidamente é assolada por períodos de escassez hídrica, comprometendo a produtividade das lavouras, muitas vezes de forma irreversível.

O secretário Ernani Polo ressaltou que a retomada da construção das barragens dos arroios Jaguari e Taquarembó representou um desafio para o novo departamento de Irrigação, criado em 2015 dentro da Secretaria de Agricultura. “Não tenho dúvida de que beneficiará muito a região, para o abastecimento de água para o consumo humano, assim como melhorar as condições de irrigação que será potencializada após a construção dos canais, para atender àquela região e garantir a produção de alimentos”, frisou.

O deputado federal Alceu Moreira, que auxiliou na liberação dos recursos do Governo Federal para a continuação da obra, esteve presente na assinatura e destacou os esforços feitos para retomar a construção das barragens. “Estamos assinando a ordem de início de Jaguari, mas não demora e também estaremos assinando a de Taquarembó. Hoje é um dia para celebrar”, disse.

A previsão de conclusão das obras da barragem é de 12 meses, de acordo com a disponibilidade de transferência de recursos por parte da União, que participará com 99% dos R$ 56 milhões envolvidos na construção da barragem.

A solenidade foi no Salão Alberto Pasqualini, no Palácio Piratini. Também participaram, a secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ana Pellini, o prefeito de São Gabriel, Rossano Gonçalves, representantes da Associação do Usuários da Água da Bacia Hidrográfica do Rio Santa Maria, do Comitê da Bacia do Rio Santa Maria além de outras autoridades.

POR ELAINE PINTO